turismo-na-terceira-idade-dicas-de-roteiros-nos-estados-unidos.jpeg

Turismo na terceira idade: dicas de roteiros nos Estados Unidos

É cada vez mais comum o turismo na terceira idade — idosos que viajam para o exterior sozinhos ou ao lado da família.

E essa tendência, que só tende a aumentar, requer alguns cuidados especiais para evitar imprevistos durante as férias com os turistas mais velhos, que vão muito além de planejar a viagem com antecedência.

Apesar de todo o pique e interesse que eles possuem, é preciso que seus roteiros sejam moldados de acordo com suas necessidades, isto é, que levem em conta sua disposição, capacidade de locomoção e possíveis limitações físicas ou motoras.

Por essa razão, reunimos três modelos de roteiros enxutos e diversos para você aproveitar na melhor idade. Confira!

Turismo na terceira idade em Nova York, NY

Nova York não é apenas a maior cidade dos Estados Unidos. Ela também representa o polo central do entretenimento, das artes e da cultura no Ocidente. Por isso, não há com o que se preocupar: não faltam atrações para todos os gostos e, principalmente, todas as idades.

No Central Park, por exemplo, vale a pena conferir o local sobre rodas porque o coração verde da Big Apple, localizada em Manhattan, possui extensos 3,4 km² de área, o que pode se tornar um pouco cansativo para idosos explorarem a pé.

Uma boa sugestão é contar com os tradicionais passeios de carruagem. Para completar, não deixe de conferir os museus que ficam na região, como o Museu Guggenheim e o Museu Americano de História Natural, que vão encantar os apaixonados por história.

Já para conferir um dos mais famosos monumentos norte-americanos, a Estátua da Liberdade, vale a pena investir no passeio de balsa. Afinal, ele garante uma belíssima vista tanto da orla da cidade quanto desse ponto turístico sem que você precise abrir mão do conforto e da comodidade necessários.

O seu roteiro também pode incluir os famosos espetáculos da Broadway, que contam com musicais, apresentações e shows, pois eles demandam o mínimo de esforço físico e garantem a satisfação de quem os assiste!

Contudo, lembre-se sempre de planejá-lo em dias bem definidos e de garantir que haja intervalos proporcionais entre um destino e outro porque na terceira idade não se tem o mesmo ritmo de turistas jovens.

Essas paradas podem servir para descansar e tomar um café, assim como também para conhecer alguns dos 23 mil restaurantes de Nova York, como o Peter Luger ou o Eleven Madison Park.

Além disso, pessoas com mais de 65 anos costumam ter descontos em diversas atrações, desde que se identifiquem com um documento válido, como o passaporte. Portanto, aproveite!

Turismo na terceira idade em Miami, Flórida

Também na costa leste norte-americana situa-se a cidade de Miami, destino muito visitado por brasileiros. Com clima agradável, pessoas simpáticas, belas paisagens e muito mar, é um lugar perfeito para realizar atividades ao ar livre.

Construções e espaços, como o Vizcaya Museum and Gardens e o Jardim Botânico de Miami, são alguns exemplos de programas que mesclam agradáveis momentos em família com cenários ricos em espécies de plantas em jardins ornamentados com diversas estátuas e chafarizes.

Contudo, cuidado para não se confundir onde você vai se hospedar. Miami e Miami Beach são cidades distintas, embora sejam, na prática, quase a mesma coisa. A primeira, a parte continental, é mais indicada para o turismo na terceira idade, visto que é a região mais tranquila e pacata, ideal para compras e visitas diurnas.

Uma dica para se deslocar pela cidade com mais facilidade, e de quebra conhecer a região, é usufruir dos transportes locais, como o Conch Tour Train e o South Beach Local, que realizam travessias diárias.

Além disso, para conferir a incrível orla vale a pena apostar em duas opções para evitar se locomover por longos períodos. Na primeira, por meio do elétrico que circula por Key West e South Beach. Já na segunda, realizar passeios de barco que também cobrem as praias de North Beach e Haulouver Park.

Não esqueça de ter sempre consigo o protetor solar, especialmente no verão, pois as temperaturas ficam bastante altas!

Turismo na terceira idade em Washington, D.C.

Quando se pensa em Washington, é comum logo lembrar da cidade que é capital dos Estados Unidos. Contudo, o lugar não se resume somente a isso nem respira apenas política, pelo contrário.

É um destino repleto de atrações culturais e centros voltados para compras e passeios mais calmos, que não requerem grandes esforços por ser um local de distâncias curtas e que não expõe os idosos a grandes tumultos. 

O seu roteiro pode começar, por exemplo, com a tradicional visita ao Eastern Market, o mercado central. Nele não faltam frutas fresquinhas para serem provadas e, claro, compradas.

Ao primeiro sinal de cansaço, não se preocupe: bem próximo do lugar não faltam restaurantes por toda a 8th Street e a Pennsylvania Avenue, onde é possível fazer suas refeições prezando sempre pela tranquilidade e conforto.

Para os mais entusiasmados pela história do país, vale a pena separar um dia exclusivo para conhecer de perto a Casa Branca, o Thomas Jefferson Memorial e o Washington Monument, já que ambos ficam na mesma região.

Uma sugestão para descansar entre uma atração e outra é aproveitar o President’s Park, que fica ainda mais bonito e atrativo para visitantes mais velhos na primavera, sendo possível desfrutar de bons momentos ao lado de familiares e amigos.

Por fim, um dos pontos para quem não abre mão de adquirir uma lembrancinha e comprar algo que marque a viagem: Downtown, o centro do bairro de Georgetown, uma zona especial que ainda guarda o charme da época em que a cidade era portuária — hoje conta com uma infinidade de lojas e estabelecimentos.

Como você leu, é possível desfrutar de grandes destinos nos Estados Unidos na terceira idade sem deixar de lado a diversão e o entretenimento. 

Uma dica final que pode fazer toda a diferença nos seus passeios é contratar um guia turístico que fale português. Dessa forma, você não precisará se preocupar com problemas de comunicação devido ao idioma, terá um atendimento personalizado e viverá experiências muito mais ricas nas cidades visitadas.

Gostou das nossas sugestões de roteiro? Então não deixe de assinar a nossa newsletter para receber outras dicas e fazer da sua viagem um momento inesquecível.

  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn

Comments (4)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This