quais-os-documentos-necessarios-em-uma-viagem-ao-exterior.jpeg

Quais os documentos necessários em uma viagem ao exterior?

Fazer uma viagem para outro país exige bastante preparação, não é mesmo? Da escolha do destino até o momento de fazer as malas, vários passos precisam ser seguidos para que tudo dê certo. E um deles é providenciar todos os documentos necessários em uma viagem ao exterior. Você já sabe quais são eles?

Vale a pena ressaltar que a documentação pode variar de acordo com cada país. Por isso, é importante fazer uma ampla pesquisa sobre o seu destino para descobrir quais são as principais exigências. Dessa maneira, você e toda a sua família vão evitar dores de cabeça no futuro, durante a viagem ou até mesmo na volta.   

Para te ajudar nessa tarefa, fizemos uma lista com os principais documentos que são necessários para viajar para um país estrangeiro. Confira, anote e fique atento!

Passaporte: um dos documentos necessários em uma viagem ao exterior

Para a maioria dos destinos internacionais, é preciso que você e cada membro da sua família tenha um passaporte nacional válido. A exceção para os brasileiros vale apenas para os países que fazem parte do Mercosul: Argentina, Paraguai, Uruguai, Chile, Peru, Bolívia, Equador, Colômbia e Venezuela, que aceitam o RG como documento válido.

Para confeccionar o seu passaporte e da sua família é necessário preencher um formulário de solicitação, que pode ser feito pela internet, e depois é preciso reunir alguns documentos, como RG, CPF, Certidão de Nascimento, Título de Eleitor e Certificado de reservista. O passaporte será emitido pela Polícia Federal. 

Esse é um passo extremamente importante para que sua viagem seja realizada. Lembre-se de atualizar e tirar o passaporte de todos os membros da família com antecedência, pois em alguns casos esse processo pode demorar um pouco.

Visto: fique atento às exigências de cada país

Além do passaporte, muitos países, como os EUA, exigem o visto, documento necessário para entrar de forma legal no país de destino. É importante que você saiba que existem vários tipos de visto, cada um com uma finalidade específica: para trabalhar, passar férias, fazer intercâmbio e por aí vai.

Nos Estados Unidos, o visto exigido para quem vai fazer turismo, lazer ou tratamento médico é chamado de B-2. Para consegui-lo, você pode contratar uma assessoria especializada, que fará todo o serviço por você, ou ir atrás por conta própria.

Se o seu caso for o último, você passará por alguns passos, como:

  • Preencher o formulário DS-160. Você irá preenchê-lo online, então, pode fazer no conforto de sua casa. Ele pode ser um pouco longo, mas tenha paciência para não deixar informação errada, pois ele será o passo inicial para você tirar o visto; 

  • Pagar a taxa MRV. Você precisará fazer um cadastro e cada membro da sua família deve fazer uma solicitação individual. O pagamento pode ser feito via boleto ou cartão de crédito internacional;

  • Agendar a coleta de digitais e sua entrevista. Você deve agendar a sua entrevista no Consulado e, em paralelo, programar a sua ida ao CASV, Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto, para coletar fotografia e suas impressões digitais;

  • E, finalmente, comparecer à entrevista. Não deixe de ir à entrevista. Ela é o passo mais importante para você conseguir o visto. Leve todos os documentos necessários para comprovar as informações que você preencheu e informar aos entrevistadores.  

Para saber mais sobre esse procedimento, confira o passo a passo de como tirar o visto. Lembre-se sempre de que cada país tem exigências diferentes!  

Comprovante de filiação ou autorização: importante para viagens em família

Se você for viajar com toda a sua família e tiver filhos menores de 18 anos, saiba que é importante ter um documento que comprove o parentesco e a filiação, caso seja solicitado pela Polícia Federal ou outros órgãos competentes. Dessa forma, você pode apresentar duas opções:

  • Certificação de Nascimento (original ou cópia autenticada);
  • RG (carteira de identidade em bom estado). 

Além disso, se a criança for viajar sozinha ou somente com um dos pais, será necessário apresentar um documento de autorização judicial. Ele deve ser reconhecido em cartório. Você pode consultar mais informações e o modelo no site da Polícia Federal.  

CIVP: Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia

Outro ponto importante de ser mencionado é que alguns países também só permitem a entrada de estrangeiros caso eles estejam protegidos e vacinados contra algumas doenças, como a febre amarela, por exemplo. Por isso, é importante que você e todos que vão viajar tenham o CIVP (Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia) sempre atualizado.

Para isso, basta ir a um posto de saúde mais próximo para tomar as vacinas. Depois é só levar o Cartão Nacional de Vacinação e um documento original com foto a um dos Centros de Orientação ao Viajante da Anvisa para obter o certificado.

Saiba que algumas vacinas demoram um tempo para agir em nosso organismo. E os países estrangeiros só aceitam a sua entrada após esse período já ter passado. Por isso, fique atento aos prazos, validade e requerimentos de cada nação.  

Documentos gerais: saiba se você tem todos e se estão atualizados

Tão importante quanto ter os documentos citados acima, é saber se o seu RG, CPF, título de eleitor e demais comprovantes estão atualizados e em bom estado. Afinal de contas, você precisará de todos eles para seguir com os próximos passos.

Além disso, certifique-se de que a sua família, filhos e demais pessoas que vão viajar contigo também possuem todos esses documentos em dia. Esse passo facilitará muito o seu planejamento e processo para viajar ao exterior.  

Com todas essas dicas, agora é só você planejar e escolher o seu próximo destino para passar as férias. Mas, lembre-se sempre de fazer uma boa pesquisa para conhecer todas as exigências e documentos requeridos pelo país.

Cada nação tem a sua particularidade e condições distintas para ingressar em seu território. Então, não deixe a sua viagem ser impedida por falta ou divergência de alguma informação. 

Agora que você já conhece os documentos necessários em uma viagem ao exterior, conte para nós o que você achou deste artigo. Deixe suas opiniões e dúvidas nos comentários abaixo! 

  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn

Comments (2)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This